Enxoval de Bebê no Exterior: Melhores Lugares

0

Uma pergunta recorrente entre futuros papais e mamães é se vale mesmo a pena fazer o enxoval do bebê no exterior. A resposta não é apenas enfática, mas também unânime por parte de quem passou por esta experiência: sim, vale muito a pena, mesmo com o dólar estando em alta. A economia para a família que vai receber o novo membro é muito grande, além da variedade e qualidade dos produtos que realmente é melhor dos que são encontrados por aqui.

Embora possa assustar alguns pais de primeira viagem, justamente por causa do câmbio, fazer o enxoval de bebê no exterior  é interessante não somente pelas compras, mas como um ótimo passeio a dois, antes do nascimento da criança. É indiscutível a alegria e o prazer que um bebê trás consigo, mas o casal deve estar ciente que as tão sonhadas viagens para o exterior, muito provavelmente, estarão “suspensas”  por algum tempo após o nascimento do baby.

Fazer o enxoval do bebê, em particular o primeiro, fora do Brasil, virou uma febre que, para muitos, pode soar como certo exibicionismo. No entanto, a compra do enxoval no exterior não deve, de maneira alguma, ser sinônimo disso. Os produtos destinados aos bebês comprados no exterior possuem altíssima qualidade e o preço, considerando o custo-benefício, podem sair por um terço do valor praticado por aqui, em especial no caso de alguns itens como os carrinhos de bebê.

A parte mais cara para o casal serão as passagens, que poderão ser compradas em períodos promocionais. Ainda é possível fazer o uso de milhagens oferecidas pelos cartões de crédito para aquisição dos bilhetes. Também é importante organizar a viagem em épocas de liquidação – durante as trocas de coleções, que é a melhor época para fazer compras. É importante lembrar ainda que, para ter certeza de que a compra será mais vantajosa do que fazê-la poe aqui, deve-se considerar os impostos. Primeiro, porque há um limite de compras sem incidência de impostos de importação para quem viaja ao exterior, que é de $500 dólares por pessoa. Diferentemente do que acontece aqui, nos Estados Unidos, por exemplo, os impostos não estão diretamente embutidos nos produtos: o valor deles é definido por Estado, ficando entre 5 e 7,5% do valor do produto. Portanto, ao cotar os preços em sites na Internet, saiba que além do valor mencionado, na hora de pagar a conta lá, os produtos terão ainda esse acréscimo.

Os locais mais recomendados e que são os queridinhos para se fazer compra de enxoval de bebê no exterior estão nos Estados Unidos – Orlando, Nova Iorque e Miami. De fato, são os que apresentam os melhores preços, considerando a oferta de produtos, gastos com a viagem e valor da moeda.

Fazer o enxoval em Miami sai ligeiramente mais barato do que em Nova Iorque. O imposto cobrado por peça, ao final da compra é de 6,5%. Já em Nova Iorque, o valor do imposto é de 8,87% sobre cada peça. Miami cobra 7,0%. Ganha portanto, em economia, Miami. Ficou na dúvida sobre essa questão dos impostos? Dê uma conferida nesse artigo do site Viagem para Nova York explicando com mais detalhes esse fato: http://www.viagemparanovayork.com.br/dicas-e-informacoes-uteis/imposto-em-nova-york.

Não deixe também de conferir aqui no site um artigo que escrevemos sobre as melhores lojas para comprar o enxoval de bebê em Miami.

Loja Carters em Shopping de Miami

Loja da Carters em Shopping de Miami

Já o casal grávido que pensa em ir à Europa para passar férias pode aproveitar também para fazer a compra do enxoval do bebê, mas os preços não são nem de longe convidativos como os das cidades americanas citadas. As compras em cidades como Paris, somente valem a pena, se forem realizadas em épocas de troca de coleções. Suíça e Espanha também costumam ter bons preços.

Quem tenciona não ir tão longe para fazer as compras de enxoval e acredita que possa fazer logo aqui, em nosso vizinho, o Paraguai, uma dica muito valiosa – grande parte dos produtos possui baixa qualidade, sem contar que alguns são frutos de contrabando e comercialização ilegal. Atravessando a fronteira por Foz do Iguaçu, você encontra sim uma variedade de lojas de artigos para bebês, mas procure pesquisar as melhores e mais confiáveis antes de sua viagem, evitando comprar “gato por lebre”. Evite também comprar também coisas nos camelôs nas ruas. Lembre-se que atravessando a fronteira a pé, você também não fica livre de imposto. O limite para compras é de $300 dólares por pessoa. Não deixe de consultar o artigo aqui no blog sobre fazer o enxoval de bebê no Paraguai.

Já fez a compra de enxoval de bebê no exterior? Que tal dividir suas experiências conosco aqui nos comentários?

Gostou? Então Compartilhe Agora!

Deixe um Comentário